História de Carapicuíba

História de CarapicuíbaO Carapicuíba é um município do estado de São Paulo, na Região Metropolitana da capital.

Tornou-se município em 1964, quando emancipou-se de Barueri.

O nome Carapicuíba tem origem no tupi-guarani e diverge muito o seu significado, que em traduções literais pode significar Peixe que não se pode comer, "Pau Podre", "aquele que se reúne em poços", "cascudo", "escamose", etc.

Porém o nome pode ser uma "tradução" de Quar-I-Picui-Bae ("aquele que se resolve em poços"), que era o nome dado pelos índios ao ribeirão que corta a cidade fazendo divisa com Osasco.

Como surgiu

A História da cidade está ligada aos índios, tanto que um dos locais culturais obrigatórios para visitação e justamente a Aldeia de Carapicuíba.

Foi uma das doze Aldeias fundadas pelo Pe. José de Anchieta (por volta de 1580), quando de sua chegada em São Paulo.

Pertenceu a Barueri, que antes fazia parte do município de Santana do Parnaíba.

Carapicuíba era ponto de passagem e parada dos Bandeirantes em direção ao interior. Afonso Sardinha, dono de terras (terra doada pelo Rei de Portugal) na região, aproveitou-se de mão de obra indígena para o cultivo de suas terras e, também por sua ordem, em 1590 construiu uma capela. Mas suas intenções fracassaram e Afonso Sardinha voltou à Portugal.

A região, à partir de 1610 vivia clima tenso, devido aos conflitos entre brancos e índios.

Por volta de 1770 o local começou a progredir. Nos arredores da Capela foram construídas molocas para abrigar pequenas famílias e comércio. Paralelamente espetáculos de folclore eram exibidos, fazendo da Aldeia de Carapicuíba o maior centro de folclore do Estado de São Paulo na época.

Em meado de 1854 o Barão de Iguap e comprou terras na região, dando o nome de fazenda Carapicuíba. Em 1923 a fazenda Carapicuíba foi vendida a Delfino Cerqueira, que anos mais tarde contratou uma empresa para lotear e construir ruas em suas glebas.

O desenvolvimento efetivo da cidade, que a época era ainda um pequeno vilarejo, deu-se com a chegada da Estrada de ferro Sorocabana em meados de 1875, que ligava a capital paulista até Itu, no interior.

Porém, a primeira estação (embarcadouro) em seus arredores foi construída em 1921, distante 22 km da estação Julio Prestes, e chamou-se Sylvania. Logo depois foi construído um desvio para a construção, nos arredores do km 21 da via férrea, um desembarcadouro de gado destinado ao abate. Muitos funcionários da ferrovia e do abatedouro fixaram residência na vilarejo, que tomava ares de cidade.

Em 1928 Carapicuíba já era distrito policial. Na década de 30, os pioneiros já acreditavam no povoado que nascia, porque a região possuía clima excelente e terras ótimas para a cultura de batatinhas, cereais, legumes e hortaliças, onde se cultivavam também o castanheiro europeu e amoreira.

Carapicuíba possui quatro jornais com sede em seu território, Primeira Edição, Cidade em Alerta, Jornal Metrópole e o Gazeta do Povo Regional.

Além de outros com sede em outras cidades que também circulam pela cidade como o Diário da Região, Visão Oeste, Tribuna Regional e o Página Zero, este último teve por muitos anos a cidade como sede e também sede as suas páginas para as publicações oficiais da prefeitura.

Geografia

Altitude média de 780 metros. Tem limites com os municípios de:

• Barueri a oeste e norte.
• Osasco a leste.
• Cotia a sul.
• Jandira a oeste.
• São Paulo minimamente a sudeste.

O clima da cidade, como em toda a Região Metropolitana de SP, é o Subtropical. A média de temperatura anual gira em torno dos 20Cº, sendo o mês mais frio Julho (Média de 15°C) e o mais quente Fevereiro (Média de 23°C). O índice pluviométrico anual fica em torno de 1300 mm.

Infra-estrutura

Transporte

O município é servido pelos trens da linha 8 da CPTM, contando com duas estações: Carapicuíba e Santa Teresinha.

A cidade também possui 3 empresas de ônibus urbano: ETT Carapicuíba, Viação Del Rey e Viação Osasco - filial (Antiga Himalaia).

A ETT e a Del Rey fazem linhas municipais ligando os bairros ao centro da cidade e ao acesso a Osasco, além de possuirem frota de ônibus para linhas itermunicipais. A Viação Osasco faz apenas linha intermunicipais.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/


Gostou do nosso site? Então compartilhe:



 







Sobre o EncontraCarapicuíba
Fale com EncontraCarapicuíba
Anuncie no EncontraCarapicuíba
Cadastre sua Empresa no EncontraCarapicuíba (grátis)
+Seja um Franqueado EncontraBR


Termos EncontraCarapicuíba | Privacidade EncontraCarapicuíba

Bandeira de Campinas